São Paulo ganha primeiro açougue vegano

'No Bones' comercializa alimentos semelhantes aos de origem animal, como hambúrguer e linguiça

Publicado em 28/12/2016

Os veganos vão encontrar mais uma opção de produtos específicos e de qualidade na grande São Paulo. Dois empreendedores investiram em um nicho bastante novo: o "açougue vegano".  O lugar, batizado de No Bones, foi criado pela arquiteta Marcella Fernandes Izzo, de 26 anos, e o publicitário Brunno Barbosa, de 28 anos. Ambos tinham o objetivo de mostrar que é possível comer todo tipo de prato sem a existência de algum ingrediente de origem animal. 

A ideia do negócio surgiu devido a uma necessidade de Marcella em substituir a carne por alimentos semelhantes. "Como sempre gostei de cozinhar, eu pegava algumas receitas na internet e adaptava com o que eu tinha na despensa, como hambúrguer de feijão", disse ela, que é vegana há pouco tempo, em uma entrevista ao site Pequenas Empresas, Grandes Negócios

Após conquistar os amigos, ela passou a perceber que seus pratos tinham potencial para virar um negócio. “Eu percebia que as receitas estavam ficando muito boas quando meus amigos começaram a encomendar, tanto aqueles que eram veganos quanto os que ainda comiam carne. Quando eu soube que já havia um açougue vegano em Curitiba, eu percebi que também havia demanda em São Paulo”, diz ela.

O açougue foi sucesso de vendas no dia da inauguração. Todos os produtos se esgotaram em poucas horas. Entre as opções, as coxinha são servidas para o consumo na hora, e demais produtos, como hambúrgueres, são vendidos congelados. 

Os salgados custam, em média, R$ 5,90, os hambúrgueres R$ 6,90, a linguiça vegana, R$ 30 e a costela de cogumelos R$ 40. A ideia do casal também foi deixar os preços um pouco abaixo do padrão para produtos veganos a fim de tornar a alimentação mais acessível. 

No Bones fica na Rua Caraibas, 1243 em Perdizes, São Paulo capita. Para conhecer melhor o espaço, acesse: http://www.nobones.life/

Foto: Divulgação