7 cozinhas com cobogó para você se inspirar

Elementos vazados separam cômodos sem perder a luminosidade

Publicado em 27/09/2017
Cozinha com cobogó

Criado nos anos de 1920 e popularizado nos anos 1950 na arquitetura moderna de Lúcio Costa, o cobogó tem aparecido cada vez mais em construções. Mas não só em áreas externas os elementos vazados têm um bom caimento. Para marcar a separação sutil de cômodos dentro de casa, o cobogó pode ser uma boa alternativa, por não abrir mão na divisão da ventilação e nem da luminosidade.

Isso sem contar o toque poético que o cobogó agrega, podendo, dependendo de como for seu design, acrescentar tanto o toque retrô da época em que se popularizou nos lares brasileiros, como um ar moderno. 

Na cozinha de apartamentos pequenos, o elemento pode ser bastante útil para separá-la da área de serviço, que geralmente é uma extensão do cômodo destinado a cozinhar. Mas mesmo em apartamentos maiores e casas, o cobogó é muito bem-vindo na cozinha até mesmo como toque decorativo.

A seguir, veja 7 inspirações que o Cozinha sem Stress separou de cobogós na cozinha:

Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó
Cozinha com cobogó

Fotos: Pinterest